O uso da Oxigenoterapia Hiperbárica no tratamento da Zigomicose( Mucormicose).

Raphaella Soares Barreto Soares Barreto

Resumo


RESUMO

 

Objetivo: Demonstrar a eficiência da OHB no tratamento da zigomicose, analisando seu mecanismo de ação frente a esta patologia. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório descritivo, com abordagem quanti-qualitativa, por meio de informações coletadas de prontuários arquivados no Hospital das Forças Armadas do Distrito Federal, sendo selecionados todos os dados necessários para avaliação da evolução clinica fisiológica da paciente em estudo. Resultados: Verificou se que exames laboratoriais, radiológicos após três meses de uso de Oxigenoterapia Hiperbárica, apresentam uma melhora clinica satisfatória, pareceres de hematologia, evoluções médicas afirmam a cura da zigomicose. Conclusão: Através dos resultados, concluiu-se que a OHB foi eficiente no tratamento da zigomicose através do seu mecanismo de ação e seus efeitos terapêuticos. A sobrevida e cura da paciente em estudo foram resultados de ações conjuntas, para controle imediato da descompensação da doença principal. O tratamento bem sucedido abrangeu alguns fatores: a suspeita clinica, diagnostico precoce, terapêutica antifúngica e cirúrgica, reversão da neutropenia e controle metabólico, sendo as ultimas obtidas através da Oxigenoterapia hiperbárica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Pesquisa em Ciências da Saúde - RBPeCS - ISSN: 2446-5577

Indexadores: