DESAFIOS ENCONTRADOS PELOS FAMILIARES QUE CONVIVEM COM O PORTADOR DE ESQUIZOFRENIA

RAFHAELA SALES FRANCO PALMA, ROBSON SOUZA FRANÇA RAMOS, RICARDO OTÁVIO MAIA GUSMÃO, LEONARDO AUGUSTO COUTO FINELLI, KIMBERLY MARIE JONES

Resumo


Este estudo descreve os desafios encontrados por familiares que convivem com o portador de esquizofrenia. A amostra deste estudo constitui-se de 10 familiares que tinham convívio com os esquizofrênicos atendidos na Estratégia Saúde da Família no Independência I e III no município de Montes Claros-MG. Para coleta de dados, foi utilizada uma abordagem qualitativa em que foram gravadas as respostas dos entrevistados, depois elas foram transcritas na íntegra para submissão de análise. Obteve-se como resultados que os familiares que convivem com a doença possuem dificuldades para entender, identificar e lidar com  o portador de esquizofrenia. Considerando que o portador de esquizofrenia está inserido no meio familiar, é importante que a equipe multiprofissional de saúde esteja capacitada para atender aos familiares cuidadores do esquizofrênico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Brasileira de Pesquisa em Ciências da Saúde - RBPeCS - ISSN: 2446-5577


Indexadores: