HEMOSUCCUS PANCREATICUS DECORRENTE DE PSEUDOANEURISMA DE ARTÉRIA GASTRODUODENAL: RELATO DE CASO

PÂMELA DANIELE CARVALHO PUPO, PATRÍCIA RODRIGUES DUQUE, THAISA SOARES CRESPO, JOAQUINA INEZ SOARES ROCHA COSTA, LUIZA AUGUSTA ROSA ROSSI-BARBOSA

Resumo


Hemosuccus pancreaticus é uma condição rara e pouco conhecida. É de difícil diagnóstico não só devido a sua raridade, mas também pelas múltiplas causas e intermitência da hemorragia gastrointestinal. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo relatar a condução de um caso com hemorragia digestiva e exames de imagem inicialmente sem alterações. Paciente admitido no pronto-socorro queixando astenia, mialgia e dispneia e etilista há 36 anos. Relatou internações anteriores com quadro semelhante associado a hematêmese e melena. Apresentava três endoscopias digestivas altas prévias, colonoscopia e arteriografia do ramo posterior da aorta em tronco celíaco e mesentérica superior sem alterações. Na tomografia computadorizada da admissão, observou-se pseudoaneurisma em topografia da cabeça do pâncreas, sugerindo lesão da artéria gastroduodenal associada à pancreatite crônica. Assim, foi dado seguimento com angiotomografia que demonstrou imagem compatível com pseudoaneurisma da artéria gastroduodenal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Brasileira de Pesquisa em Ciências da Saúde - RBPeCS - ISSN: 2446-5577


Indexadores: