“COMO UMA MULHER, ME SENTI UM NADA” - DESVELANDO OS SENTIMENTOS DE MULHERES MASTECTOMIZADAS

ÉRIKA GOMES CALDEIRA, JANNY CLAÚDIA PEREIRA RUAS, HENRIQUE ANDRADE BARBOSA

Resumo


A mastectomia representa na vida da mulher um acontecimento marcante permeado de sentimentos de medo, ansiedade, angústia, desvalorização, há uma profunda alteração em como a mulher se vê perante a família, a sociedade e mesmo consigo mesma. Esse estudo buscou compreender os sentimentos das mulheres mastectomizadas. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, utilizando-se dos conceitos da Teoria do Interacionismo Simbólico como suporte técnico conceitual, com a técnica de aplicação de uma entrevista semiestruturada num hospital filantrópico do norte de Minas Gerais. A partir do discurso das mulheres, foi possível compreender os significados, as experiências e as relações interpessoais dessas mulheres, evidenciando o turbilhão de sentimentos experimentados por elas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Brasileira de Pesquisa em Ciências da Saúde - RBPeCS - ISSN: 2446-5577


Indexadores: