AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE CRIANÇAS DE 2 A 5 ANOS NO NORTE DE MINAS

Ilana Carla Mendes Gonçalves, Núbia Ferraz Souza, Leonardo Augusto Couto Finelli, Kimberly Marie Jones

Resumo


RESUMO
Anemia por deficiência de ferro pode prejudicar crianças em uma variedade de doenças e tendências de
mal-estar. O convívio em creches pode influir no estado nutricional de crianças, já que muitas crianças
passam 8-10 horas por dia em uma creche, e nesses casos 50% da nutrição diária acontece nesse
ambiente. Este estudo avaliou o estado nutricional geral através de dados antropométricos e
especificamente em relação a anemia por deficiência de ferro de 14 crianças entre as idades de 2 e 5 anos
em uma creche na cidade de Ninheira no Norte de Minas Gerais. Não houve casos de sobrepeso ou
obesidade entre estas crianças. A grande maioria das crianças (85%) apresentaram índices de peso para
idade; peso para estatura adequados, assim como todas apresentaram relação entre estatura para idade,
assim como nível de ferro adequados. Tais resultados indicam a ausência de desnutrição crônica, assim
como reforçam a importância da avaliação antropométrica como uma ferramenta para avaliação do
estado nutricional.

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ABDALLAH, V.O.S. et al. Alimentação de Recém Nascidos

Pré-Termos de Muito Baixo Peso na Alta Hospitalar e aos 6 Meses de

Idade. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v.5, n.1, p.358-371, 2013.

ASSUNÇÃO M.C.F. et al. Anemia em menores de seis anos:

estudo de base populacional em Pelotas, RS. Revista de Saúde

Publica, v.41, n.3, p.328-335, Jun. 2007.

BARBOSA, C.C. et al. Qualidade microbiológica da água

consumida em bebedouros de uma unidade hospitalar no Sul de

Minas. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v.4, n.1, p.200-211, 2012.

CAMILLO, C.C. et al. Anemia ferropriva e estado nutricional

de crianças de creches de Guaxupé. Revista da Associação Médica

Brasileira, São Paulo, v.54, n.2, p.1-9, Mar./Abr. 2008.

CASTRO, T.G. et al. Caracterização do consumo alimentar,

ambiente socioeconômico e estado nutricional de pré-escolares de creches municipais. Revista de Nutrição, Campinas, v.18, n.3, p.321-330, Mai./Jun. 2005.

EDWARD, A.F.J. Prevalências Mundial e Regional da Má

Nutrição na Infância. Anais Nestlé. Má Nutrição Protéico–

Energética. v.61, p.1-10, 2001.

FERNANDES, I.T.; GALLO, P.R.; ADVÍNCULA, A.O.

Avaliação antropométrica de pré-escolares do município de Mogi-

Guaçú, São Paulo: subsídio para políticas públicas de saúde. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, Recife, v.6, n.2, p.1-6, Abr./Jun. 2006.

FISBERG, R.M.; MARCHIONI, D.M.L.; CARDOSO, M.G.A.

Estado nutricional e fatores associados ao déficit de crescimento de crianças freqüentadoras de creches públicas do Município de SãoPaulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.20, n.2, p.1-7, Mai./Jun. 2004.

FRANCO, A. C. et al. Análise qualiquantitativa de exames de

hemogramas de pacientes de um município do sul de Minas Gerais. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. supl. 1, p.9-21, 2012.

KONSTANTYNER, T.; TADDEI, J.A.A.C.; PALMA, D. Fatores

de risco de anemia em lactentes matriculados em creches públicas ou filantrópicas de São Paulo. Revista de Nutrição, Campinas, v.20,n.4, p.349-359, Jul./Ago. 2007.

LAMOUNIER, J.A. et al. Prevenção e controle da anemia

ferropriva na infância. Revista Médica de Minas Gerais, v.17, supl.1,2007.

LESSA, A.C.; DEVINCENZI, U.M.; SIGULEM, D.M. Nutrição

em Saúde Pública. In: LOPEZ, F.A.; BRASIL, A.L.D. Nutrição e

Dietética em Clínica Pediátrica. São Paulo: Atheneu, 2004.

MARTINO, H.S.D. et al. Avaliação Antropométrica e analise

dietética de pré-escolares em centros educacionais no Sul de Minas Gerais. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.15, n.2, Mar. 2010.

MESZAROS, M.J.; MELO, L.L. Vivências de familiares de

crianças com insuficiência renal crônica durante a reinternação.

Revista Eletrônica Acervo Saúde, v.5, n.1, p.338-358, 2013.

MIRANDA, A.S. et al. Anemia ferropriva e estado nutricional

de crianças com idade de 12 a 60 meses do município de Viçosa, MG.Revista de Nutrição, Campinas, v.16, n.2, p.1-7, Abr./Jun. 2003.

MONTE, C.M.G. Desnutrição: um desafio secular à nutrição

infantil. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v.76, supl. 3, p.S285-

S297, 2000.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS).

Tabelas e curvas da OMS 2007 e 2006 e 2007. Disponível em:

oms_2006_2007.pdf>. Acesso em: 23 mai. 2010.

ORELLAN, J.D.Y. et al. Avaliação antropométrica de

crianças indígenas menores de 60 meses, a partir do uso

comparativo das curvas de crescimento NCHS/1977 e OMS/2005.

Jornal de Pediatria, Porto Alegre, v.85, n.2, p.117-121, 2009.

OSÓRIO, M.M. Fatores Determinantes da Anemia em

Crianças. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v.78, n.4, p.269-278, Jul./Ago. 2002.

ROCHA, D.S. et al. Estado nutricional e prevalência de

anemia em crianças que freqüentam creches em Belo Horizonte,

Minas Gerais. Revista Paulista de Pediatria, São Paulo, v.26, n.1,

p.1-10, Mar. 2008.

SILVA, D.G. et al. Anemia ferropriva em crianças de 6 a 12

meses atendidas na rede pública de saúde do município de Viçosa, Minas Gerais. Revista de Nutrição, Campinas, v.15, n.3, Set. 2002.

SILVA, G.A.P. et al. Prevalência de sobrepeso e obesidade

em crianças pré-escolares matriculadas em duas escolas particulares de Recife, Pernambuco. Revista Brasileira Saúde Materno Infantil, Recife, v.3, n.3, p.323-327, Jun./Set. 2003.

SOTELO, Y.O.M.; COLUGNATI, F.A.B.; TADDEI, J.A.A.C.

Prevalência de sobrepeso e obesidade entre escolares da rede

pública segundo três critérios de diagnóstico antropométrico.

Cadernos de Saúde Pública, v.20, n.1, p.233-240, Jan./Fev. 2004.

STRUFALDI, M.W.L. et al. Prevalência de desnutrição em

crianças residentes no Município de Embu, São Paulo, Brasil, 1996-1997. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.19, n.2, p.421- 428, Mar./Abr. 2003.

TUMA, R.C.F.B.; COSTA, T.H.M.; SCHIMITZ, B.A.S.

Avaliação antropométrica e dietética de pré-escolares em três

creches de Brasília, Distrito Federal. Revista Brasileira de Saúde

Materno Infantil, v.5, n.4, p.419-428, Out./Dez. 2005.

VIEIRA, A.C.F. et al. Avaliação do estado nutricional de ferro

e anemia em crianças menores de 5 anos de creches públicas. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v.83, n.4, p.1-7, Jul./Ago. 2007.

VITOLO, M.R. Nutrição da Gestação à Adolescência. Rio

de Janeiro: Reichmann & Affonso Editores, 2003. 167p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Brasileira de Pesquisa em Ciências da Saúde - RBPeCS - ISSN: 2446-5577


Indexadores: