INSOLAR: a Escolha da Formalização Jurídica para Negócios Sociais no Brasil

Ruth Melo, Marina Fernandes de Oliveira, Beatriz Velho, Davi Lemos

Resumo


Este caso de ensino aborda o dilema que os sócios fundadores da Insolar enfrentaram na escolha da personalidade jurídica mais adequada, exemplificando as vantagens e desvantagens das opções disponíveis. A Insolar atua segundo o modelo Yunus de negócios sociais e tem se sustentado via captação de recursos destinados a organizações sem fins lucrativos, fato que traz ainda mais relevância ao dilema em questão. O dilema é aprofundado pela perspectiva de um dos sócios, com repercussão em sua motivação e na divisão entre os resultados sociais e econômicos que o negócio deveria unificar. Insolar, o negócio social em questão, é uma startup com atuação junto a comunidades no Rio de Janeiro de modo a prover opções energéticas a instituições locais que beneficiem um maior número de moradores.


Palavras-chave


Negócio de impacto; motivação empreendedora; formalização; personalidade jurídica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Ruth Melo, Marina Fernandes de Oliveira, Beatriz Velho, Davi Lemos

Diretórios de indexação