ESTUDO DE VIABILIDADE DE CONSTRUÇÃO DE ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO EM SHOPPING CENTER COM ÊNFASE EM REUTILIZAÇÃO DE ÁGUA TRATADA

Rodrigo Pereira Alfradique, Thiago Teixeira de Jesus, Tania Knaack de Souza

Resumo


Sabe-se que a água potável é um bem natural finito e de necessidade básica para humanidade. Historicamente, as civilizações se desenvolvem nas proximidades a partir das proximidades de recursos naturais; sendo a água potável é um deles. No entanto, a utilização desses recursos gera resíduos, como o esgoto, que se descartados de forma bruta na natureza, poluem o meio a ponto de deixar a água não mais potável para o consumo. A partir desse raciocínio, a sociedade já aplica há séculos, técnicas de reuso e reciclagem da água. Nos dias atuais, tem-se diversas técnicas de tratamento de esgoto para atender parâmetros de acordo com cada necessidade de projeto e reuso da água, com interesse de satisfazer o padrão de qualidade exigido pelas leis cabíveis em cada situação.

Texto completo:

PDF

Referências


CHENÇO, E. C. Fundamentos em finanças. Curitiba: IES DE Brasil, 2009.

GIACOBBO, A. Microfiltração aplicada ao tratamento de efluentes de curtume. In: VII Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental. Porto Alegre :ABES, 2010.

JORDÃO, E. P.; PESSÔA, C. A. Tratamento de Esgotos Domésticos. 7ª ed. Rio de Janeiro: Editora ABES, 2014.

PELEGRIN, D. C. Microfiltração tangencial de efluente sanitário após tratamento biológico. Florianópolis, 114 p. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, 2004.

PROVENZI, G.T.Biorreator à membrana submersa para tratamento biológico de efluentes: estudos hidrodinâmicos e físico-químicos no controle da colmatação. 170 p. Tese (Doutoradoem Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

RADJENOVIC, J. et al. Membrane bioreactor (MBR) as an advanced wastewater treatment technology. In: Handbook Environmental Chemistry, v.5, 2008.

SCHNEIDER, R. P.; TSUTIYA, M. T. Membranas filtrantes para o tratamento de água, esgoto e água de reuso.1.ed., São Paulo: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, 234p., 2001.

VIANA, M. A. P. Internet na Educação:Novas formas de aprender, necessidades e competências no fazer pedagógico. In: MERCADO, L. P. L. (Org.) Tendências nautilização das tecnologias da informação e comunicação na educação. Maceió:EDUFAL, 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.